Viña del Mar

As praias, os hotéis e a gastronomia são parte da oferta destacada pelos turistas que visitam a cidade.

vina_C

Viña del Mar fundada em 1874, tem pouco mais de um século de vida e neste curto período tornou-se um destino iniludível do turismo chileno. Localizada imediatamente ao norte de Valparaíso, a “Cidade Jardim”, como é conhecida, oferece diversas opções durante o ano inteiro: raias aptas para banho e prática de esportes náuticos, hotéis para todos os orçamentos, gastronomia baseada em produtos do mar, edifícios patrimoniais e o maior festival musical hispano-americano.

Com uma infra-estrutura urbana acondicionada para a grande quantidade de viajantes que chegam todos os verãos você poderá percorrer Viña começando na Praça Vergara, localizada na Av. Valparaíso a 200 mt ao oeste do terminal rodoviário. Esse é o ponto de partida ao “centro” da cidade, composto por esta rua e pela Av. Libertad, que se estende ao norte e atravessa o esteiro Marga Marga.

Se você está na cidade pela primeira vez, deve conhecer o cassino de jogos, um dos mais tradicionais do Chile, localizado ao inicio da Av. Peru, passeio de pedestres na beira do mar que leva a uma das praias mais famosas da cidade, a Acapulco; rodeada de enormes edifícios e com os restos do cais Vergara e suas antigas gruas. Se você busca boas ondas e pessoas chiques, deve chegar à praia de Reñaca, a poucos quilômetros ao norte, com muitos lugares para comer e comprar.

Outros lugares destacados são o Relógio de Flores, postal obrigada frente à Caleta Abarca e a Quinta Vergara, antiga mansão da família fundadora da cidade, convertida no estupendo museu de Belas Artes (rua Errázuriz com Eduardo Grove) e vizinha do cenário ao ar livre onde é realizado o festival da canção. ¿Ainda mais? O museu Fonck, o Jardim Botânico e o Sporting Club ou simplesmente deixe-se seduzir pelo oceano Pacífico e suas ondas sem fim.

Confira a informação turística adicional no site Chile Travel.

Vídeo: Site oficial da Copa América Chile 2015.

 Lugares recomendados

Cómo chegar

  • De ônibus. De Santiago saem ônibus constantemente em direção à cidade-porto. O transporte sai dos terminais das mesmas empresas, a estação intermodal (entrada e saída de mais de um meio de transporte) “Pajaritos”, terminal Alameda (Metrô Universidad de Santiago) e San Borja (Metrô Estación Central).
  • De automóvel. De Santiago pegar a Rodovia 68 tanto se vier do oriente pela Autopista Costanera Norte ou pela Av. Libertador Bernardo O’Higgins à altura da Estación Pajaritos.

Vínculos